Login:   Senha: 
   :: Saiba mais  :: Cadastre-se Esqueceu sua senha? Clique aqui  
   
   
  Salvador - Trinta quilômetros de faixas exclusivas para ônibus estão sendo implantados pela Superintendência de Engenharia de Tráfego (SET) ao longo das avenidas...
ler mais
 
   
     
  Cuidado com profissionais e empresas desonestas que atuam no mercado, garantindo que cancelam qualquer tipo de multa de trânsito, pois milagres nessa área, não existem.
ler mais

 
   
 

Novidades Aditran

 
     
     
A Aditran, foi fundada em 15 de setembro de 2001, sendo criada e orientada para as questões controvertidas e polêmicas, que versam sobre o direito de trânsito, visando com isto, a defesa dos interesses de seus clientes.

Entre nossas atividades, está o combate à indústria de multas de trânsito que se formou em nosso país, através da elaboração de recursos de multa técnicos, que possam possibilitar o amplo direito de defesa dos nossos clientes em esfera administrativa e judicial (quando do não cancelamento da multa em esfera administrativa).

Muitas vezes, o incorreto julgamento de um recurso de multa pelo órgão de trânsito autuador, torna-se controvertido, haja visto que, não atende aos requisitos elencados e contidos no código de trânsito brasileiro, contran, denatran e pela constituíção federal, deixando assim, de garantir o amplo direito de defesa do administrado, daí a importância de se recorrer técnicamente da multa de trânsito, pois se não conseguir lograr êxito na demanda administrativa, poderá ingressar judicialmente, visando recuperar o valor pago, corrigido monetariamente.

Evite elaborar recursos de multa que não sejam técnicos, (ex.: passei em velocidade excessiva, pois estava passando por local perigoso, avancei o sinal quando o mesmo estava amarelo; estava usando o cinto de segurança; não estacionei naquele local, não estava usando o telefone celular etc.), pois suas chances de êxito no cancelamento da multa interposta, diminuiram muito, pois os órgãos de trânsito, deixam de apreciar o mérito do recurso, alegando fé pública do agente autuador etc...

Segundo dados estatísticos, à exemplo do estado do rio de janeiro, que possui uma frota aproximada de 3.200.000 (três e duzentos mil) veículos automotores (leves, pesados e utilitários), o número de multas de trânsito aplicadas mensalmente, chega a atingir em torno de 7% (sete porcento) em todo o estado, somando-se nos dias de hoje, em torno de aproximadamente 187.000 (cento e oitenta e sete mil) multas de trânsito, ou seja, em torno de 2.240.000 (dois milhões duzentos e quarenta mil) multas de trânsito aplicadas anualmente. (fonte.: publicação de reportagens em jornais brasileiros, publicações na internet e detran).

Os órgãos de trânsito municipais, estaduais e federais, responsáveis pela análise dos recursos de multa, encontram-se congestionados, o que, ocasiona por muitas vezes, o desgaste entre os proprietários de veículos automotores (supostamente infratores), e o órgão responsável pelo conhecimento do recurso.

Os veículos em circulação, que se encontrem pendentes com o pagamento das multas de trânsito, ficam impossibilitados de procederem à vistoria, sendo que, em permanecendo tal siuação, implicará na paralização das atividades ao qual se destina o veículo automotor, podendo vir a gerar prejuízos consideráveis aos seus proprietários.

Por outro lado, também há que se levar em consideração que, o cidadão motorista e/ou motorista contratado pelas empresas de transportes, ao atingirem 20 (vinte) pontos em sua carteira nacional de habilitação, ficaram impedidos de conduzirem o veículo auomotor de sua propriedade e/ou da empresa donde presta serviços profissionais, ou seja, ficará desabilitado de dirigir, por no mínimo 06 (seis) meses, até que venha a completar os cursos de reciclagem promovido pelos detrans, ou, poderá ter sua carteira de habilitação cassada trazendo para todos, inúmeros transtornos, pois a exemplo das empresas de transporte de passageiros, cargas etc.., necessitariam de contratar novos motoristas, ou ficar esperando que, o motorista penalizado, volte a trabalhar, após completados e satisfeitos, todos os requisitos necessários a recuperação de sua habilitação para voltar a dirigir.

No constante às empresas, se olharmos pela ótica do vínculo empregatício, é no mínimo desanimador tal situação.

Com o objetivo de acabarmos com a indústria de multas de trânsito que se formou em nosso país é que, orientamo-lhes a recorrer técnicamente da multa aplicada, visando com isto, suspender os pontos em sua carteira de habilitação junto ao detran enquanto a multa estiver em julgamento; aumentar suas chances de cancelamento da multa aplicada pelo órgão de trânsito e/ou requerer judicialmente a devolução do valor pago, corrigido monetariamente, caso não obtenha êxito na esfera administrativa.

Esperando tê-lo elucidado despeço-me com especial atenção, caso ainda persistam dúvidas acerca do tema, entre em contato conosco, pelo nosso tele-atendimento (21) 3774-5258 .

Estaremos sempre trabalhando para lhe oferecer o que há de melhor, na defesa de seus interesses na área de trânsito. esse é o nosso compromisso com você.

Conte sempre conosco.

Fernando Silvério - Presidente – Aditran.

   
     
   
     

  1 usuário(s) online.  
 
 
   visitas
 
  Escritório> Av. Dr. Manoel Lucas, 30 | Frente - Parque Senhor do Bonfim
Duque de Caxias - Rio de Janeiro | RJ - Cep.: 25.025-330
     

Aditran ®© 2001 - Todos os direitos reservados à Aditran – Recurso de Multa de Trânsito. Todo o seu site, bem como, o todo o material nele contido é protegido por direitos autorais, sendo registrado e patenteado junto ao (INPI – Instituto Nacional de Propriedade Industrial). Portanto, É proibida a reprodução total ou parcial, bem como, a divulgação por qualquer meio ou processo. Informamos ainda que, a violação de direitos autorais constitui crime previsto na Lei nº 9.610/98
.

Desenvolvido por Lunário